O dia 24 de abril de 1915 foi marcado pelo início do Genocídio Armênio, realizado pelo Império Otomano. As forças turcas também exterminaram uma grande parcela da população assíria  e grega na década de 20. E o Holocausto, na II Guerra Mundial, deixou uma mancha que não se apaga na história da Alemanha.

Nestes 107 anos dos assassinatos em massa de armênios, o FLIPAR relembra perseguições que deixaram um rastro de violência do fim do século XIX para cá.