Polêmica envolvendo a Seleção Argentina ou um clube do país não é novidade na história do futebol. No último domingo, mais um capítulo para este livro: a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Polícia Federal entraram em campo na partida contra o Brasil para retirar quatro argentinos de campo, que deveriam estar fazendo quarentena.

De acordo com as regras sanitárias do Brasil, quem tiver pisado na Inglaterra nos últimos 14 dias precisa fazer uma quarentena de duas semanas. Os atletas,  que moram no Reino Unido, porém, omitiram essa informação e foram para o jogo, que foi suspenso.