Um dos sete jurados que condenaram Amber Heard por difamação contra o ator Johnny Depp contou o que eles conversaram durante a avaliação do caso. Eles concluíram que Depp era inocente e que Amber estava mentindo e, inclusive, fingindo choro no tribunal: “lágrimas de crocodilo”.