Os países ou territórios considerados paraísos fiscais receberam grande parte de investimentos direto brasileiro em participação no capital externo em 2020. Com base nos dados divulgados em julho pelo Banco Central (BC), três dos cinco primeiros do relatório são lugares com essas vantagens tributárias.

Só Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas e Bahamas somam juntas cerca de 45% de tudo que saiu do país considerando esse tipo de investimento. Além desses, outros locais considerados paraísos fiscais estão presentes entre os principais destinos.

Clique na galeria abaixo e veja os paraísos fiscais que mais receberam investimento brasileiros