Há exatamente um ano, em 16/11/2020, o PIX era lançado oficialmente no Brasil, com uma promessa do Banco Central de revolucionar a forma de pagamentos no país. 365 dias depois, o balanço feito é surpreendente e positivo, mesmo com o fato de pessoas usando a ferramenta para coisas ilícitas.

O FLIPAR detalha agora tudo sobre o PIX: história, benefícios, desvantagens, números de usuários e transferências, além das novidades que foram inauguradas nesta terça e que estão por vir ainda em 2021.