O cantor e compositor John Lennon foi morto a tiros em 8/12/1980, quando chegava em casa, em Nova York. O assassino, Mark Chapman, tinha recebido um autógrafo horas antes e aguardou, na porta do prédio, que o músico voltasse do estúdio.

O assassinato chocou o mundo não apenas pela perda do ídolo, ex-Beatle, que seguia carreira solo de grande sucesso, mas também pela banalidade do crime. Chapman declarou que matou Lennon para ficar famoso.

Veja nesta galeria, além de Lennon, outras personalidades do meio cultural que foram assassinadas.